logo-plus-branco-peq-02

Juno Faz Imagens Espetaculares da Lua Io de Júpiter

Esta semana, a NASA dirigiu a sua espaçonave Juno para perto da lua Io, de Júpiter, conseguindo a visão mais próxima do corpo celestial mais vulcânico do Sistema Solar – e enviou fotos espetaculares.

A viagem da Juno perto de Io foi também perigosa. Io é uma das quatro luas Galileanas de Júpiter. Em sua órbita próxima ao gigante, Io está à mercê de uma poderosa influência gravitacional e é assada pela radiação do planeta. Na terça-feira, a espaçonave fez a sua abordagem mais próxima à lua.

A mais de 360 milhões de milhas de distância, uma equipe de cientistas aguardava nervosamente este encontro por meses. Júpiter possui o ambiente de radiação mais severo de todo o Sistema Solar, e roçar em Io implicava riscos. No entanto, graças à sua trajetória de voo cuidadosamente planejada e a um design “tanque blindado”, Juno sobreviveu. Desde a chegada de Juno a Júpiter em 2016, a sonda tem fornecido um tesouro de dados sobre Júpiter e suas luas.

Agora, a NASA divulgou imagens sedutoras de Io. Elas exibem este mundo maltratado, que é vulcânico graças às puxadas gravitacionais de Júpiter e das outras luas Galileanas. Nas novas imagens publicadas esta semana, a superfície rachada e texturizada de Io revela o incessante estiramento e aperto dos seus vizinhos.

“Io é o corpo celestial mais vulcânico que conhecemos no nosso Sistema Solar”, diz Scott Bolton, o investigador principal de Juno, numa declaração da NASA publicada na segunda-feira. “Observando-o ao longo do tempo em várias passagens, podemos ver como os vulcões variam – quão frequentemente eles entram em erupção, quão brilhantes e quentes eles são, se estão ligados a um grupo ou sozinhos, e se a forma do fluxo de lava muda.”

Uma resposta para “Juno Faz Imagens Espetaculares da Lua Io de Júpiter”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *